terça-feira, 14 de janeiro de 2014

E ainda dizem que não há racismo no Brasil!

Saudações Caríssimos!


Ainda em vacaciones, pero siempre mirando las noticias más destadas! E esta no jornal El país só reforçam as teorias de um racismo, cada vez menos mascarado no Brasil. Jovens pobres e, em sua maioria negros são barrados em shoppings centers em São Paulo.

Vale a pena ler, mas com bastante cautela visto que a ideologia da classe dominante permeia - e manipula - a maioria das informações que são veiculadas na mídia!

A versão em espanhol pode ser visto  neste link.

Apartheid? Shoppings em São Paulo?

A Justiça de São Paulo seis grandes superfícies permite discriminação aos seus clientes para evitar a invasão da juventude os chamados "rolezinhos 'da periferia

Seis centros comerciais de São Paulo ontem tem o apoio da Justiça para bloquear suas portas automáticas para a polícia e seguranças particulares que se identificam em entrar. O alvo de discriminação: os menores não acompanhados, pobre. Esse é o perfil de quem está colocando um fim a vários centros comerciais com estado chamadorolezinhos , grandes encontros de jovens, chamados pelas redes sociais, mesmo sem intenção criminosa, irritar os clientes e donos de lojas.
Não a primeira vez que grandes superfícies reforçar a segurança e identificar quem não se encaixa no perfil clássico do consumidor, mas a ordem judicial provisória que proíbe e prevê uma multa de 10 mil reais (cerca de 4.200 dólares) para participar neste tipo de manifestação organizada ontem em quatro centros comerciais do Estado. Em JK Iguatemi Mall, localizado na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek buscava, os guardas de segurança passou a proibir a entrada de trabalhadores, os jovens não parece ser compradores de um dos centros comerciais mais caros da cidade.
Os convocataria o rolê (andar na sua tradução livre), com 2.500 pessoas confirmadas no Facebook, foi diluído, mesmo antes da decisão do tribunal foto colada na entrada do shopping foi ampliado pelas redes sociais antes do evento - mas houve confrontos entre jovens e policiais na Itaquera Metro Shopping , no lado leste da cidade, que foi gravado em 7 de dezembro, o primeiro episódio do fenômeno, com cerca de 6.000 participantes . A polícia, que ontem estimou que cerca de 1.000 adolescentes se reuniram, agiu com violência para dispersar a multidão.Clientes do imóvel registrado duas queixas por roubo e caos. Três adolescentes foram detidos, embora dois deles já estão livres, segundo a polícia.
Solicita que estes jovens, público visto com desconfiança por famílias brancas da classe média alta que preferem passar a tarde nestas instalações por empresas privadas blindado vigilantes lazer na rua, tem marcado o Natal em São Paulo. O rolê 15 de dezembro nas Guarulhos shopping terminou com 23 detidos, que foram libertados pouco depois.Eles acusaram de usar drogas ou roubo. Havia outras convocatarias a partir de 04 de janeiro no centro comercial Metro Tucuruvi, no norte, onde a participação de cerca de 400 jovens, de acordo com a Polícia Militar, fez as lojas fecham suas portas três horas mais cedo, mesmo sem indício de tumulto.
O fenômeno da rolezinhos , com características semelhantes às do chamado flash mob (s reuniões espontâneas de pessoas convocadas pelas redes sociais em um determinado espaço para executar a mesma ação) dividiu a sociedade brasileira, como muitos outros assuntos atuais. Algumas pessoas associadas a decisão do juiz de exercer apartheid. São aqueles que argumentam que esses adolescentes da periferia, em sua maioria negros que fazem fronteira com o salário mínimo de R $ 303, estão colocando o foco na desigualdade de classe, a opressão incomodando mais rico olhando em shoppings consumir com segurança longe da realidade dos meninos. Do outro lado do debate, que se encontram qualificar como vândalos, os defensores do espaço privado, ameaçado por um movimento sem slogans e sem objetivos claros que não entendem, e acreditam que toda essa energia e poder de convocação pode ser investido em outra atividades de participação em protestos mais articulados, como em junho passado para procurar emprego.

Vale también mirar este video!

Fonte:

2 comentários:

  1. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
    Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
    Ficarei radiante se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, saiba que sempre retribuo seguido também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
    Sou António Batalha.

    ResponderExcluir
  2. Muchas gracias amigo! Si como no! Ya visitei tu Blog. És myu bueno!

    ResponderExcluir